Sintomas e Dicas Para Tratar a Impotência Masculina

Atualmente, é enorme o número de homens que sofrem com a impotência sexual. Segundo a SBU (Sociedade Brasileira de Urologia) o problema já atinge cerca de 44% dos homens brasileiros.

Para quem não sabe, a impotência sexual é a incapacidade masculina de obter ou manter uma ereção.

Claro que todo homem pode falhar de vez em quando e isso não tem nada de errado. No entanto, quando o problema acontece em, ao menos, metade das tentativas, podemos caracterizar o quando como impotência masculina.

Nesse caso, é fundamental procurar por ajuda médica especializada, principalmente para que seja possível identificar as causas do problema e tratá-lo adequadamente.

Vale lembrar ainda que a impotência é um problema que pode afetar homens de qualquer idade. No entanto, ele tende a ser bem mais comuns em homens com idade entre 50 e 80 anos de idade.

Mais do que isso, a impotência masculina não é apenas um problema físico que afeta a vida sexual. Pelo contrário, ela pode afetar diversos fatores da vida de um homem, inclusive a sua saúde psicológica, muitos homens estão resolvendo isso de forma bem simples, eles estão usando um viagra naturale e estão conseguindo ótimos resultados de forma simples e natural.

Justamente por isso que é fundamental aprender a reconhecer os sintomas e procurar ajuda o quanto antes, afinal, quando mais precoce for o diagnóstico, maiores as chances de recuperação.

Principais sintomas da impotência masculina

Pois bem, a principal característica da impotência sexual é a dificuldade que um homem apresenta em conseguir uma ereção. Muitas vezes, mesmo conseguindo ficar com o pênis ereto, a rigidez não se mantém o suficiente para que haja penetração.

No entanto, pode haver ainda alguns outros sintomas relacionados, tais como:

  • Perda da rigidez da ereção, que fica mais flácida
  • Diminuição no tamanho do pênis
  • Dificuldade para manter o contato íntimo em certas posições sexuais
  • Aumento da necessidade de concentração para que haja a ereção
  • Redução da quantidade de pelos corporais
  • Diminuição também da quantidade de ereções espontâneas ao despertar
  • Ejaculação mais rápida ou precoce
  • Alterações e até mesmo deformações no órgão genital

Mais do que isso, a impotência ainda pode ser ocasionada por algumas doenças que, aparentemente, não estão relacionadas, mas exercem influência sobre a função sexual.

Dentre elas, podemos citar a doença vascular periférica, que leva à impotência porque o sangue não circula com tanta facilidade, especialmente para a parte inferior do corpo.

Isso inclui pernas e também a região genital. Com essa melhor irrigação da área, não é possível conseguir uma ereção.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre os principais sintomas da impotência sexual, você ainda pode ver mais detalhes no vídeo abaixo: