Tratamentos Para Hemorroidas

Para quem não sabe exatamente, as hemorroidas são veias dilatas, que ficam salientes na região anal, podendo ser elas internas ou externas. Como estão inflamadas, elas podem provocar sintomas que causam desde um simples incomodo até dor e sangramento.

Dentre esses sintomas, podemos citar dor, sangramento, coceira, dificuldade para evacuar e outros.

Embora possa parecer algo muito grave e dolorido, a verdade é que existem tratamentos muito eficientes para as hemorroidas, com total possibilidade de curar o problema.

Dentre outros sintomas, podemos citar os seguintes:

  • Coceira na região no ânus
  • Sangue de cor vermelho vivo em torno das fezes e também no papel higiênico depois de se limpar
  • Dificuldade de evacuar
  • Excreção de um líquido esbranquiçado do ânus, especialmente nos casos de hemorroidas internas.
  • Dor no ânus ao sentar, evacuar ou caminhas, principalmente nos casos de hemorroidas externas

Tratamento para hemorroidas

A primeira coisa que precisa ser dita é que sim, é completamente possível curar hemorroidas. Para isso, primeiramente, é preciso consultar um médico para que se possa ter uma avaliação e diagnóstico adequados.

Dentre as opções de tratamentos, é possível usar banhos de assento, pomadas, suplementos naturais como o hemo control ou até mesmo realizar cirurgias para a resseção do vaso, veja:

  • Banhos de assento

A água morna em combinação com ervas calmantes ou remédios, pode ajudar a controlar a dor e diminuir o inchaço. Para isso, coloque o preparo em uma bacia e sente-se lá por cerca de 15 a 20 minutos, não mais.

O procedimento pode ser realizado mais de uma vez ao dia, conforme recomendação do médico. No entanto, para evitar infecções é indicado usar bacia de inox, desinfetada previamente com álcool.

  • Pomada para hemorroidas

As pomadas só devem ser utilizadas sob indicação médica, embora possam ser facilmente compradas sem receita.

Esses medicamentos irão atuar na diminuição do tamanho das hemorroidas, aliviando a dor de forma bastante rápida. Para isso, a indicação é, normalmente, de que ela seja aplicada de 2 a 4 vezes por dia, até que acabe com a dor e o desconforto.

  • Alimentação

Muita gente nem imagina, mas a alimentação também é uma forma de tratamento, afinal, se ela estiver inadequada ela não vai permitir que o efeito de nenhum remédio seja duradouro.

Assim é muito importante ter uma dieta rica em fibras, incluindo alimentos integrais, frutas e verduras, que além de tudo também é rica em nutrientes.

Isso irá deixar as fezes mais macias e facilitar a evacuação, além de evitar que a ação de evacuar cause mais danos.

  • Remédios naturais

Atualmente o mercado oferece uma grande variedade de remédios suplementos naturais, que são muito eficientes e não causam efeitos colaterais. Essas são ótimas opções que podem ser utilizadas com tratamento principal ou complementar.

Dicas para evitar queda de cabelo

A perda de cabelo é uma situação que atormenta as pessoas. Vou ficar com “cabelo”? Vou ter que usar uma peruca? Estas são algumas das perguntas que passam pela cabeça de todos que perdem o cabelo. Mas há uma grande diferença entre perder alguns cabelos e sofrer de um problema, como a alopecia.“Alopecia é perda de cabelo”, explica Esperanza Welsh, especialista em dermatologia.” 

Existem muitos tipos de alopecia, por exemplo, androgenética, areata, outros que ocorrem devido a fungos ou doenças imunológicas ou simplesmente alterações hormonais ou dietas muito rigorosas; existem várias causas”.Observa que mesmo as mulheres que acabaram de ter um bebê podem perder cabelo devido a alterações hormonais que sofrem, resultando em uma alteração nos ciclos de crescimento capilar; não tendo o estímulo hormonal da gravidez, eles o perdem.

Agora, como você sabe se sofre de alopecia ou se o seu medo de calvície está chegando ao extremo?“Eu tenho pacientes de todos os tipos: aquele que ignorou a situação e chegou quando tinha três cabelos; aquele que vem porque ele cai um pouco mais do que o habitual; então acho que quanto mais cedo lidarmos com o problema, melhor” adicionar.“Não espere que seu cabelo caia demais para cuidar de si mesmo.

Se você acha que é um exagero, vá como quiser, é melhor ir logo e poupar o cabelo, você tem que perdê-lo e não tem como estimulá-lo.”Primeiro, ele diz, um bom diagnóstico deve ser feito para saber que tipo de alopecia o paciente apresenta e, dependendo da patologia ou problema em que o tratamento é realizado.

Para isso, o dermatologista deve verificar o paciente, examinar sua pele e, se necessário, coletar uma amostra para fazer uma biópsia; Realiza alguns estudos com dermatoscopia – um instrumento especial para ver os folículos capilares – e, assim, é feito o diagnóstico.

“É altamente recomendável que eles procurem o médico para um diagnóstico correto, porque às vezes a única manifestação de um problema sistêmico está na pele.“Então, deixe o médico ver você fazer os estudos necessários para fazer um diagnóstico correto e precoce, para que não haja sequelas, como ficar careca”.

Veja também: hairpower é um tônico capilar que além de prevenir a queda, ele ainda fortalece recupera os fios perdidos.

Tipos de alopecia

A alopecia afeta pessoas de qualquer idade e pode ocorrer em qualquer parte do corpo em que o cabelo ou o cabelo sai.

“Esse problema afeta crianças e adultos mais velhos”, diz o especialista.“Há crianças que sofrem de alopecia fúngica ou porque arrancam os cabelos; em meninas jovens, porque fazem dietas loucas; a de homens que podem começar a partir dos 20 ou 40 anos devido a picos hormonais”.

Ele acrescenta que você também pode perder cabelos ou cabelos de todo o corpo: órgãos genitais, axilas, sobrancelhas, cílios, braços; Isso é chamado de alopecia universal.

A alopecia androgenética é aquela que afeta principalmente os homens e ocorre devido a alterações hormonais; a das mulheres é chamada alopecia androgenética de padrão feminino.

Também há alopecia inflamatória ou auto-imune, como a alopecia areata, onde há uma resposta imune contra o cabelo e podem ser soltos pedaços do couro cabeludo, como a princesa Carolina de Mônaco e a atriz Jada Pinkett Smith.“No caso da alopecia androgenética, devemos estimular o crescimento do cabelo e bloquear os hormônios masculinos que o eliminam”.

“Se for uma alopecia areata, damos medicamentos para interromper a resposta inflamatória que está causando a queda do cabelo”.Há também alopecia frontal fibrosante causada pelo uso de cosméticos perto da implantação capilar, como no templo.

Ocasionalmente, ele observa, a tireoide dos pacientes também é verificada para descartar quaisquer problemas que possam surgir como uma doença associada.

E no caso de mulheres que acabaram de ter filhos, ele diz que geralmente são mudanças normais que ocorrem após o parto e que tratamentos tópicos são oferecidos para fortalecer a raiz do cabelo, além de garantir que a mãe seja bem nutrida.

“As causas mais comuns entre as mulheres que eu tenho que ver são gravidezes, dietas com baixas calorias ou nutrientes, caspa e alterações hormonais.

É por isso que você precisa fazer um histórico médico, verificar seu couro cabeludo e, se necessário, fazer uma biópsia para poder dar o tratamento certo: existem muitos tipos de alopecia e cada um tem um tratamento diferente”.

Dicas

· Não se deite com os cabelos molhados.· Não lave o cabelo com água muito quente, pois aumenta a produção de gordura ou pode irritar o couro cabeludo.· Escove com um pente largo para evitar puxá-lo.· Lave o cabelo todos os dias para não acumular gordura no couro cabeludo, o que causa sua queda de cabelo.

· Não pegue rabo de cavalo apertado.· Evite aplicar cosméticos perto da implantação do cabelo, pois isso faz com que ele caia da parte do templo.

· Produtos químicos de maquiagem e maquiagem fazem com que os cabelos caiam e “entradas” são vistas na testa, além de caírem sob os cabelos da sobrancelha.· Se houver algum problema de cabelo ou queda de cabelo, consulte o dermatologista.

Como aumentar minha resistência sexual

É comum que os homens durem na cama por tempo suficiente para dar ao parceiro todo o prazer que merecem, e que ambos alcancem o clímax da maneira mais satisfatória. No entanto, muitos se sentem insatisfeitos ao ver que não conseguem, devido à falta de experiência ou a outros fatores, como a ejaculação precoce, por isso, damos algumas dicas para descobrir como aumentar sua resistência sexual e obter mais desempenho na cama

Você também pode estar interessado: Como aumentar minha ereção fazendo o uso do estimulante sexual natural em formato de gel v8 big size que além de melhorar a ereção, ele ainda retarda a ejaculação.

Veja abaixo  6 dicas para melhorar a resistência sexual

1) O primeiro passo para aumentar a resistência sexual tem a ver com um aspecto mental, e não físico. É necessário eliminar da sua mente os pensamentos que geram ansiedade , como os envolvidos com o fato de não agradar o seu parceiro, de se sentir insatisfeito com você etc. Esses tipos de idéias apenas aumentam a tensão e a frustração, afetando a duração e a qualidade do sexo. Caras, relaxem!
2) É importante entender o ato sexual como uma experiência ampla, que envolve não apenas penetração e relação sexual, mas também uma série de jogos anteriores relacionados ao sensorial. As mulheres têm vários tipos de orgasmos e, surpreendentemente, a vaginal é apenas uma delas, ou seja, elas podem encontrar satisfação com outro tipo de estímulo que também faz parte do sexo; portanto, para aumentar sua resistência sexual , não se concentre apenas na penetração , também brinque com seu parceiro e seu corpo e viva plenamente a experiência de explorar além da relação sexual.
3) Depois de iniciar a relação sexual, lembre-se da importância de mudar o ritmo e as posturas . Se você começar com um ritmo muito rápido e desenfreado, poderá atingir o clímax mais rapidamente do que o planejado; no entanto, se você alterar o ritmo e alterná-lo de acordo com as sensações, poderá suportar mais tempo. Da mesma forma, mudar de posição também é um ótimo clássico para aumentar a resistência sexual, porque não importa o quanto você esteja excitado quando remove o pênis e escolhe outra posição, os espíritos se acalmam um pouco.
4) É importante que seu parceiro saiba que você está trabalhando para aumentar sua resistência sexual, para que eu também possa ajudá-lo. Lembre-se de que o sexo é uma experiência de dois e ela também pode colaborar. Por exemplo, eles podem escolher posições nas quais ela tem as pernas um pouco mais abertas, assim você sentirá menos atrito e poderá durar mais tempo. À medida que o obtém, você pode tentar novas posições para experimentar um passo adiante.
5) Existem muitas recomendações para retardar a ejaculação e aumentar a resistência sexual. Nós preparamos um artigo especial para você sobre esse tópico que você pode consultar neste link.
6) Lembre-se da importância do controle da mente para aproveitar ao máximo a experiência sexual. Muitas vezes, a combinação do que vemos e sentimos com a estimulação mental é o que desencadeia o orgasmo; portanto, se você conseguir equilibrar e controlar sua mente, também poderá aumentar sua resistência sexual.

Se você quiser ler mais artigos semelhantes a Como aumentar minha resistência sexual , recomendamos que você entre na nossa categoria de Relações Sentimentais .

5 dicas mentais para perder peso mais fácil

Perder peso, seja porque você está acima do peso ou quer apenas usar um vestido especial, geralmente é uma escolha saudável. Aqui estão algumas dicas mentais para perder peso mais facilmente.

Primeiro, devemos estabelecer se estamos no intervalo do que é considerado nosso peso recomendado. Podemos fazer isso  usando o IMC ,  desde que não tenhamos muito músculo.

Por exemplo, se você tem 1,70 de comprimento, seu peso ideal está entre 53 e 72 kg. Existem várias calculadoras na internet que podem ajudá-lo a descobrir.

Se você exceder o IMC recomendado para a sua altura ou apenas quiser perder alguns quilos por razões estéticas, essas dicas mentais podem ajudá-lo a perder peso.

A seguir, discutiremos os métodos mais eficazes que podem facilitar sua jornada em direção ao seu peso ideal. Lembrando que existem produtos naturais para emagrecer, e o cuperine funciona muito bem para perder peso, porém você terá que usar ele juntamente com uma alimentação saudável e exercícios físicos.

1. Nunca aja com o estômago vazio

Uma das primeiras estratégias mentais é  nunca agir com o estômago vazio. Isso pode ser amplamente conhecido, mas muitos esquecem de realmente segui-lo.

Fazer compras quando você está com fome é um grande erro, porque você fica tentado a comprar coisas com muito mais facilidade. Outra estratégia psicológica  é ignorar os alimentos que não ajudam a alcançar seu objetivo.

Não seja afetado por descontos em doces e não fique tentado a comprar coisas que não prejudiquem sua perda de peso, mas que também não a ajudarão.

2. Não deixe alguns alimentos onde possa vê-los facilmente

Você está ganhando peso ou está tendo problemas para emagrecer porque não pode deixar de comer certas coisas que vê? Outra das nossas dicas mentais para perder peso é esconder alimentos que não ajudam.

Doces e chocolates não devem ser comprados, e se alguém lhes der , você  pode escondê-los na despensa ou entregá-los.

3. Coma devagar e sem pressa

Às vezes você tem que comer rápido, mas se você pode evitá-lo, você deve. Quando você come devagar e sem pressa, pode enganar seu estômago. Você enche o estômago antes de comer claramente e, portanto, come menos.

Isso também evita que você se sinta inchado depois.

Se você costuma tomar o café da manhã muito rapidamente, tente acordar mais cedo. Você pode perder alguns minutos de sono, mas isso beneficiará sua perda de peso.

4. Ansiedade reduzida pode ajudar a perder peso

A ansiedade pode ser uma das razões pelas quais você come quando não está com fome. Se comer ansiedade é o que está causando seu ganho de peso, você deve implementar hábitos que possam ajudá-lo.

O mais fácil é começar a se exercitar. O exercício noturno é recomendado porque você libera todo o estresse acumulado durante o dia.

No fim de semana, você pode caminhar ou caminhar pela floresta. Tudo isso é perfeito para reduzir a ansiedade e também perder peso no copo.

5. Não coma até ficar empalhado

Você se sente abafado quando termina de comer? Você sempre se sente desconfortável depois do almoço? Nossa última dica mental para perder peso é evitar comer até você se sentir abafado.

Algumas maneiras de fazer isso incluem:

  • Coloque menos comida no prato.
  • Não coma uma segunda porção.
  • Pule a sobremesa.
  • Comer alimentos que você conhece fará com que você se sinta confortável de uma maneira conveniente.

Nós tendemos a comer até estarmos recheados, mas não é necessário. Há um momento em que sabemos que ficaremos saturados demais e sofreremos digestão lenta se comermos mais.

Você está tentando perder peso? Você já considerou essas estratégias para facilitar? Nós encorajamos você a experimentar esses métodos. Além deles, lembre-se de exercitar-se regularmente e incluir frutas e legumes em sua dieta.

Dicas de Como Eliminar as Rugas

Você se lembra do primeiro dia em que começou a ter consciência das suas rugas? Aquele momento chave em que você adivinha uma linha fina de expressão em seu rosto … e você não pode parar de vê-la! Esse momento é inevitável, no entanto, o que podemos fazer é evitar, prevenir, combater e até eliminar rugas.

Mas por que eles aparecem? Rugas são a consequência do envelhecimento da pele. Ao longo dos anos, a divisão celular diminui, o que faz com que a quantidade de colágeno e umidade na pele diminua, dando lugar a linhas de expressão.

Siga estas dicas constantemente e transforme-as em sua própria e indispensável rotina de rugas .

10 Dicas simples para eliminar rugas do rosto naturalmente

  1. Nunca pule o processo de limpeza
    Ter e manter as diretrizes de limpeza facial é essencial para que nossa pele seja tratada. Essa rotina deve ser aplicada duas vezes ao dia: pela manhã, para remover o excesso de sebo e prepará-lo para ser hidratado; e à noite, para remover as impurezas e nutrir todas as vitaminas que foram perdidas durante o dia.
  2. Aplique um bom hidratante
    O primeiro passo será descobrir que tipos de pele existem, determinar qual é a sua e escolher o hidratante certo. Dessa forma, o creme se adaptará perfeitamente às necessidades da nossa pele, ainda mais se você se lembrar de aplicá-lo com uma simples massagem facial, o creme mais recomendado para eliminar rugas do mercado é o lift gold, caso queira saber mais sobre ele, eu recomendo que pesquise melhor.
  3. Proteja-se do sol
    A pele tem memória e lembrará todas as vezes que você não colocou creme! O sol acelera o envelhecimento da pele, por isso devemos protegê-la mesmo no inverno, com pelo menos um fator de proteção .
  4. Cuide da comida
    Existem alimentos que favorecem a boa aparência da nossa pele e ajudam a reduzir as rugas. O azeite e certas frutas e vegetais ajudam a reduzir os problemas de pele em até 25%. Lembre-se bem esta lista:
    O brócolis fornece vitamina C , bom para a produção de colágeno.
    O espinafre, por exemplo, ajudar na renovação celular graças à vitamina A .
    As nozes são excelentes para muitas coisas, e neste caso, assim são os de pele porque contêm cobre , que estimula elastina.
    O Omega 3: melhora os níveis de secura da pele, por isso é aconselhável comer peixe azul uma vez por semana. Experimente salmão, sardinha ou anchova.
  5. Junte-se ao yoga facial
    É uma nova prática que ajuda a revitalizar os músculos do rosto , liberando tensões e rejuvenescendo a pele, porque consegue recuperar seu brilho e firmeza.
    São movimentos que realizamos com as pontas dos dedos pressionando levemente em áreas onde o estresse se acumula e onde a pele causa rugas. Dessa maneira, você tonifica os músculos do rosto, contribui para a regeneração celular e melhora o fluxo sanguíneo.
  6. Beber água A desidratação pode fazer com que a pele perca o brilho e enrugue mais. Beber entre 2 e 3 litros de água diariamente faz com que hidratemos as células da pele e, portanto, atrasamos o aparecimento de rugas.
  7. Esfolie sua pele
    Você deve esfoliar seu rosto entre um e dois dias por semana. O objetivo é remover facilmente a camada superior da pele que contém todas as células mortas. Se não os removermos, estamos criando uma barreira que atrasa a regeneração celular, mostrando uma tez de aparência opaca e envelhecida.
  8. Diga adeus ao tabaco A fumaça do tabaco contém toxinas que danificam a pele e estimulam o envelhecimento prematuro. Além disso, toda vez que você fuma, acentua as rugas ao redor da boca.
  9. Dormir como um bebê
    Não dormir bem causa estresse, e isso produz um hormônio chamado cortisol que causa a quebra das células. Dormir uma média de 7 a 9 horas por dia será essencial para a nossa pele ficar radiante.
  10. Usar óculos de proteção é bom
    Muitas pessoas negam os óculos, mas não sabem que, forçando os olhos, elas também estão forçando a pele e, portanto, gerando rugas. Forme seus olhos e use-os sempre que precisar. Um must na bolsa, tanto no verão, são bons óculos de sol , use-os sempre.

 Quando devemos começar a cuidar da nossa pele para evitar rugas?

Existe uma grande falta de conhecimento sobre quando e como devemos começar a cuidar da nossa pele facial.

A verdade é que, dependendo da idade e do tipo de pele que temos, devemos usar alguns produtos ou outros. O objetivo sempre será fornecer à nossa pele os nutrientes e vitaminas de que ela precisa em todos os momentos.

É a partir dos 20 anos que devemos começar com tratamentos específicos e rotinas de limpeza que marcarão a aparência da nossa pele ao longo do tempo. À medida que crescemos, nossa pele muda progressivamente, portanto, dependendo da idade e dos sintomas que ela mostra, precisaremos de produtos com ingredientes ativos mais focados no combate aos sinais do envelhecimento, na recuperação de suavidade, elasticidade e firmeza.

3 dicas sobre como combater a ansiedade no desempenho

Seja devido a expectativas ou medos pessoais, é comum homens de todas as idades experimentarem ansiedade no desempenho, o que resulta em disfunção erétil, se o seu problema não for fator psicológico, você pode combater apenas fazendo o uso do V8 Testo Force que é um suplemento natural para combater a disfunção erétil.

De fato, o estresse relacionado à atividade sexual pode levar à disfunção erétil (DE), por isso é difícil obter ou manter uma ereção.

Alguns métodos simples para lidar com isso podem ajudar os homens a gerenciar a disfunção erétil e entender como combater a ansiedade no desempenho .

Mas qual é a conexão entre ansiedade de desempenho e DE?

Ansiedade de desempenho e disfunção erétil podem ser vinculados de diferentes maneiras, de modo que o estresse em agradar ou agradar sexualmente um parceiro possa afetar homens e mulheres.

Quando essas expectativas sexuais pessoais não são refletidas, isso pode levar a uma espiral descendente que leva a sentir-se indigno ou incapaz.

Nos homens, esses sentimentos de inadequação e baixa auto-estima podem se transformar em sintomas físicos, como a manifestação de um déficit erétil .

De fato, os pesquisadores notaram que existe uma conexão clara entre o estado mental de um homem e sua capacidade de praticar atividade sexual.

Aqui estão as causas da ansiedade no desempenho

Em geral, a ansiedade no desempenho é causada por pensamentos negativos sobre a capacidade de ser saudável durante a atividade sexual. Isso pode incluir sentimentos de inadequação sexual ou incapacidade de agradar o parceiro.

Essas sensações podem ser influenciadas pela aparência do corpo, tamanho do pênis ou percepções sobre a virilidade ou o papel do homem. Mas mesmo os pensamentos negativos mais generalizados sobre a vida de uma pessoa também podem contribuir para causar ansiedade, assim como o estresse no trabalho ou em casa também pode afetar o estado mental de um homem e, assim, contribuir para a ansiedade no desempenho .

Reconheça os sintomas para entender como combater a ansiedade no desempenho

A ansiedade de desempenho se apresenta de maneira diferente, pois cada um reage à ansiedade e ao estresse de seu próprio modo. No corpo, isso pode produzir vários sintomas, como ejaculação precoce , incapacidade de atingir o orgasmo ou perda de interesse pelo sexo .

Os sintomas físicos da disfunção erétil, por outro lado, incluem problemas em manter e manter uma ereção e também podem levar à perda do desejo sexual .

O que fazer nesses casos?

Há muitas dicas sobre como combater a ansiedade no desempenho e a disfunção erétil, ajudando os homens a ter experiências sexuais positivas.

1. Evite o círculo vicioso

Muitos homens podem entrar em um círculo vicioso: ter uma experiência sexual decepcionante de tempos em tempos é perfeitamente normal e sintomas esporádicos de disfunção erétil geralmente não são motivo de preocupação. No entanto, homens com ansiedade de desempenho podem se debruçar sobre esse evento e considerá-lo um fracasso : isso pode levá-los a se sentirem ansiosos com futuras relações sexuais, e essa ansiedade pode fazer com que o DE continue.

Em vez disso, é essencial que os homens entendam que o que eles percebem como uma falha sexual é um evento perfeitamente normal. Em vez de focar no resultado negativo, pode ser útil identificar quais fatores de estresse ou preocupação influenciaram os sintomas da disfunção erétil. A causa pode ser simples, como um próximo projeto no trabalho ou planejando uma viagem em família. Mudar a atenção para a causa e não para os sintomas ajuda a pessoa a reduzir a pressão para ter sucesso bem o tempo todo.

2. Concentre-se nos sentidos

Muitos homens revivem mentalmente as falhas sexuais que percebem regularmente, preocupando-se constantemente com o que o parceiro sexual pensa ou como são percebidos durante o ato. Uma dica para lidar com isso é focar nos sentidos da mente .

De fato, durante a atividade sexual, pode ser útil focar na experiência sensorial, em vez de analisar o evento. Concentrar-se no que suas mãos estão sentindo e seus olhos estão vendo ajuda a parar pensamentos ansiosos sobre desempenho. É por isso que também recomendamos o uso de velas perfumadas ou música romântica, capazes de aumentar a experiência sensorial e reduzir a ansiedade.

3 Exercício físico

A pesquisa observou que fazer pouco exercício ou não fazer nada está relacionado aos sintomas da disfunção erétil. Cerca de 20 a 30 minutos de exercício algumas vezes por semana também podem ajudar a reduzir os níveis de estresse .

Além do exercício geral, os sintomas também podem diminuir graças a exercícios mais específicos: exercícios pélvicos , como o de Kegel, podem ajudar a fortalecer os músculos responsáveis ​​por bombear sangue para o pênis durante uma ereção. Um homem pode fazer um exercício de Kegel apertando os músculos usados ​​para interromper o fluxo de urina.

Outras técnicas para combater a ansiedade no desempenho

Muitas outras técnicas são usadas para tratar a ansiedade de desempenho e DE. Isso inclui ações como:

  • meditações guiadas, como terapia de imagem guiada
  • aconselhamento de casal
  • terapia sexual
  • educação sexual
  • redução de estresse

Também pode ajudar a conversar com seu parceiro sexual sobre sua ansiedade: isso pode reduzir o estresse e, junto com seus parceiros, pode encontrar uma solução.

Quando consultar um médico

Embora os homens tomem medidas pessoais para gerenciar a ansiedade no desempenho e a disfunção erétil, há várias ocasiões em que um médico deve ser consultado. Qualquer pessoa que continue a ter ansiedade de desempenho depois de tomar medidas para aliviar os sintomas pode querer conversar com um médico sobre seus níveis de estresse e ansiedade. Mas é importante consultar um especialista mesmo quando os sintomas pioram ou sua aparência é mais frequente.

De fato, os médicos podem realizar um exame físico , solicitar exames de sangue para identificar qualquer causa física subjacente à disfunção erétil e fazer perguntas sobre a saúde mental e os níveis de estresse de um homem. Trabalhando com um profissional, muitos homens podem encontrar uma terapia ou uma cura para ajudá-los a aliviar seus sintomas e incentivar experiências sexuais positivas .

Tratamentos para diminuir as varizes

As varizes além de deixarem a aparência feia, também causam dores, inchaços e outros incômodos. Veja aqui neste artigo algumas dicas fáceis de usar para neutralizar e diminuir estas veiazinhas chatas…

Ao longo dos anos, uma das coisas que mais preocupa as mulheres é o aparecimento de veias nas pernas , mais conhecidas como varizes, ductos sanguíneos inchados por causa do acúmulo anormal de sangue que se estica e dilata quando A pessoa permanece por muito tempo .

Entre as principais causas do aparecimento de varizes estão a obstrução das válvulas (responsável pela circulação), tromboflebite (coágulos que dificultam o curso normal do sangue) e gravidez , no entanto, as veias que aparecem durante a gravidez geralmente desaparecer com a passagem, duas ou três semanas após o parto, muitos médicos também falam que as varizes são às vezes hereditárias.

Inchaço, cansaço, cãibras e fadiga são alguns dos sintomas experimentados por mulheres que sofrem desta doença, por isso trazemos alguns remédios caseiros e opções naturais, fáceis de preparar e aplicar para combatê-los.

1. Pomada de alho

A mistura de seis dentes de alho picados finamente, com azeite e suco de limão, descansados ​​por 12 horas, é aplicada nas pernas, dando leves massagens.

2. Chá

O chá de camomila com duas colheres de sopa de vinagre de maçã é aplicado às varizes com uma bola de algodão de manhã e à noite.

3. Vinagre de maçã

Um remédio caseiro muito eficaz é aplicar vinagre de maçã diretamente nas pernas, deixando descansar por três horas e depois enxágue com água morna.

4. Creme Varigold

A loção Varigold é um produto natural e que dá alivio quase imediato das dores, além de praticamente conseguir eliminar as varizes conforme se vai usando no dia a dia.

5. Óleos

A mistura de óleos é eficaz para quase todos os tipos de dor. Para isso, o ideal é misturar duas colheres de sopa de óleo de amêndoa e óleo de fígado de bacalhau, aplicá-lo com massagens suaves e deixar repousar por uma hora antes de enxaguar.

6. Infusão

Para dois litros de água quente, adicione um punhado de camomila, uma de hortelã e outra de louro. Deixe descansar um pouco e depois adicione uma colher de chá de bicarbonato de sódio. Aplique a infusão nas varizes toda vez que tomar banho.

E aí, gostou destas dicas? Comece a fazer uso destas receitas naturais hoje, para começar a ser livrar das varizes o quanto antes!

O que fazer para manter uma próstata saudável

A partir da meia-idade, a doença prostática mais comum – já que pode afetar mais da metade dos homens – é a hiperplasia prostática benigna (HPB) . É um aumento progressivo da próstata que pode causar problemas ao urinar e, se não forem seguidos os hábitos corretos de vida, pode evoluir mais rapidamente e causar outros problemas. Por tudo isso, é essencial seguir algumas chaves para ter uma boa saúde da próstata:

Manter a hidratação adequada

É aconselhável beber entre um litro e meio e dois de água por dia para ajudar a melhorar os hábitos de micção e o treinamento da bexiga. Por outro lado, homens com problemas de próstata devem ter cuidado e tentar não beber demais antes de uma longa viagem ou de ir para a cama.

Uma outra opção que a maioria dos homens estão fazendo é tomar um suplemento chamado Curaprost, ele é um produto 100% natural a base de ervas que ajuda na prevenção de doenças na próstata.

Fugir de gorduras saturadas e açúcar

As gorduras animais saturadas, como carne vermelha e açúcar, podem contribuir para o ganho de peso e o desenvolvimento de doenças – como cardiovasculares – que não contribuem para a boa saúde da próstata. Também é conveniente escapar de alimentos condimentados e ácidos.

Não consuma álcool ou tabaco

O álcool é um irritante do sistema digestivo e da próstata, por isso pode aumentar os sintomas da hiperplasia prostática benigna e causar desconforto nessa glândula. Além disso, o tabaco é um dos principais fatores de risco para problemas urinários e da próstata e, se eles já sofrem, podem agravá-los.

Encha a geladeira com alimentos frescos e saudáveis

Basear os alimentos em alimentos frescos, como legumes, frutas e legumes, fornece a quantidade necessária de vitaminas e minerais para manter a saúde. Uma dieta equilibrada é a melhor maneira de prevenir doenças, incluindo a da próstata. Por exemplo, para seguir uma boa dieta da próstata, é aconselhável incluir alimentos ricos em vitamina E e zinco, tomates, abóboras e peixes azuis.

Prevenir constipação:

A inflamação da próstata pode obstruir o intestino e dificultar a evacuação, por isso é recomendável consumir alimentos ricos em fibras alimentares, por exemplo, linhaça ou espinafre, que permitem regular o trânsito intestinal.

Controle de peso

A obesidade é cada vez mais prevalente entre homens mais velhos, um grupo de risco para doenças da próstata. De fato, de acordo com especialistas, o excesso de peso, especialmente ao redor da cintura, aumenta o risco de aumento da próstata. Portanto, levar um estilo de vida que ajude a manter um peso adequado é uma medida essencial de prevenção para uma boa saúde da próstata.

Pratique exercício físico

Em geral, para a saúde, é essencial praticar esportes regularmente. É aconselhável combinar exercícios aeróbicos (natação, caminhada ou corrida) e anaeróbicos (levantamento de peso, por exemplo).

Ter atividade sexual adequada

Uma vida sexual saudável e satisfatória pode favorecer a boa saúde geniturinária nos homens, pois mantêm a próstata ativa.

Confie na serrulata sabal

O serrulata Sabal , também conhecido como Serenoa repens, é um adjuvante no tratamento sintomático de distúrbios da micção em hiperplasia prostática benigna (BPH) nos estágios I e II, de acordo com a Autoridade. Também é útil para a manutenção da função urinária normal em homens a partir dos 45 anos e para o apoio ao fluxo urinário máximo.

Um estudo espanhol publicado na revista International Urology and Nephrology mostrou que esta planta medicinal permite melhorias na qualidade de vida e nos sintomas de pacientes com problemas do trato urinário associados à HBP com a mesma eficácia que os tratamentos convencionais e com Menos efeitos colaterais

Para ajudar no tratamento sintomático dos distúrbios da micção na hiperplasia prostática benigna e manter a função urinária normal em homens a partir dos 45 anos, existem preparações fitoterapêuticas à base de extrato de frutas frescas de Sabal serrulata. De fato, seu uso é autorizado pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA) para aliviar distúrbios do trato urinário.

Essas recomendações incluem mudanças simples no estilo de vida, a fim de evitar o aparecimento de problemas na próstata. No entanto, é essencial fazer check-ups periódicos e, antes de qualquer sintoma ou suspeita, consultar o médico especialista.

5 dicas de cuidados com os cabelos

Vem o verão e essa mudança vai também nos trazer oportunidades para sair de férias e mostrar o o corpo. No entanto, é essencial cuidar dos cabelos, porque neste momento os expomos a fatores mais agressivos.

A água salgada altera tanto a carga estática quanto as propriedades elásticas do cabelo , diminuindo sua facilidade de pentear e tornando-o frágil e quebradiço .

Quanto ao sol, os raios ultravioletas produzem um efeito que altera as propriedades elásticas do cabelo, que se manifesta em um processo semelhante ao de uma leve descoloração química.

Veja algumas dicas para proteger o seu cabelo destes e outros fatores prejudiciais para manter a saúde e beleza dos seus cabelos neste verão :

1. Na praia: Você pode colocar um gel ou óleo em seu cabelo que cuida dos raios do sol e do mar, isso evitará que as pontas quebrem e seu cabelo fique frágil. Não esqueça de enxaguar se for ao mar ou piscina.

2. Hidrate-o: Você pode aplicar algum tratamento, mascarar ou usar lavagens que o protejam de diferentes variações climáticas. Ele emprega os adicionados com vitamina E, utilizar o tratamento com Lize Hair é uma ótima opção.

3. Apare as pontas: Antes de sair de férias, corte suas pontas para não danificar mais o cabelo . Tente escová-lo alguns minutos por dia e, para cabelos mais claros, enxágüe com água fria após cada lavagem.

4. Proteja-o do sol: Use um guarda sol, chapéu ou chapéu que o proteja da exposição direta aos raios UV . Tenha cuidado para não deixar resíduos de verniz ou gel em seu cabelo quando estiver tomando sol, para evitar mais oxidação. Você pode usar um xampu com protetor solar com pH adequado ao seu tipo de cabelo .

5. Uma dieta saudável e equilibrada, rica em vitaminas e minerais, como o ferro, fortalece a estrutura do cabelo e proporciona brilho aos cabelos .

Existem muitos produtos cosméticos para cuidar do seu cabelo , desde mantê-lo forte até aplicações que lhe dão mais vida. Lembre-se que é importante escolher o mais adequado às suas próprias características para aproveitar e mostrar seu cabelo neste verão.

Espero que estas dicas possam te ajudar a manter a saúde dos seus cabelos e que tenha gostado destas informações, fique a vontade para deixar um comentário!

Como tratar ansiedade e depressão

Você sabia que as mulheres são mais vulneráveis ​​a sofrer de ansiedade ou depressão? Se você está muito preocupado com o seu passado ou não pare de se perguntar o que será de você no futuro, você deve conhecer as novas técnicas que o colocam no “aqui e agora”. Pegue papel e caneta e também escreva algumas recomendações de comida e esportes para evitar cair nas redes dessas duas patologias.

A depressão é um problema que já afeta mais de 350 milhões de pessoas em todo o mundo e, além disso, espera-se que 1 em cada 4 pessoas tenham depressão dentro de 20 anos, sendo maior parte delas mulheres.

Como lutar contra a depressão e ansiedade?

Em nosso mundo a felicidade é muito associada a valores externos, como: Sucesso, beleza, ter coisas.

Precisamente, é no último ítem em que é necessário prestar mais atenção, é necessário mudá-lo para o “ ser ” porque segundo psicólogos, o nível de riqueza tem que ser “tudo o que podemos desfrutar na vida ”.

Devemos evitar certas frases que têm uma função limitadora, como: “Isso não é para mim” ou “a mulher é um sexo fraco”.

Um psicólogo apontou que as pessoas são responsáveis ​​por movimentar o mundo e não a economia e, portanto, temos que levar em conta frases poderosas como as usadas nos Estados Unidos: “Sim, podemos fazer isso (sim, podemos faça isso! )

Segundo a psicologia explica, a ansiedade é um sistema de defesa e se manifesta com dilatação dos olhos, tensão muscular, tremores, espasmos, câimbras, visão turva ou taquicardias. De fato, “as mulheres em idade reprodutiva têm de 2 a 3 vezes mais chances de desenvolver ansiedade do que os homens”.

Além disso, alguns dos problemas proeminentes que surgem da ansiedade são obesidade , ingestão compulsiva ou transtornos alimentares compulsivos . Para evitar a depressão e ansiedade e sintomas associados, é recomendado seguir os seguintes passos:

Pratique mindfulness: Você tem que se sentar como 2-3 vezes ao dia por dois minutos e localizar o que está ao seu redor.
Administre a alimentação emocional: “O que você está com fome? Você comeria isso?”
Alimentação consciente: “Por que você leva isso no supermercado?
Usar Melatonina: Se você tiver dificuldade em adormecer, tome-a quando a tarde começar a cair.
Elimine seus maus hábitos.

Além disso nutricionistas explicam que o médico do futuro irá prevenir doenças através da alimentação. Então muita atenção a isto também!

Muitas pessoas detalham que depois de sofrer por anos com depressão e ansiedade conseguiram vencer graças a nutrição e à meditação .

Ansiedade é um comunicador de que algo acontece e você tem que prestar atenção a esses sintomas. Veja dicas de alimentos que podem te ajudar:

Apaixone-se mais pelo triptofano: tome bananas, 3 ou 4 ovos por semana, nozes e grãos integrais, captril natural também é uma opção.
Evite, reduza ou substitua o café.
Tome nozes cruas: A quantidade correta para consumir é equivalente a um punho semifechado.
Vitamina B: O açafrão é um excelente antidepressivo.
Go green!: Todos os vegetais e frutas verdes .
Omega 3: Além de peixe, você também tem que tomar sementes, como linho ou gergelim e legumes, como grão de bico.
Vitaminas antioxidantes: vitamina A (frutas e legumes vermelhos, laranja e amarelos, peixes, ovos, grãos integrais e nozes), vitamina C (frutas cítricas, brócolis, couve-flor, pimenta, legumes) e vitamina E (azeite de oliva).
Ferro: Todos os legumes e leguminosas verdes.
Infusões relaxantes: limão, erva-cidreira ou maracujá.

Uma alimentação bem balanceada aliada a boas noites de sono dormindo de 7 a 8 horas sem interrupções e a prática de atividade física diária podem ser a chave para maioria das mulheres vencerem a depressão e ansiedade.ompanhia.